Governador Rodrigo Garcia também liberou R$ 17,2 milhões em três convênios com a Prefeitura

O Govenador Rodrigo Garcia deu início nesta terça-feira (5) à implantação de mais uma unidade do Bom Prato em Mogi das Cruzes. Com investimento de R$ 1 milhão, o restaurante deverá servir 1,1 mil refeições diárias (300 cafés da manhã e 800 almoços).

“O Bom Prato é o pronto-socorro da fome. Aquelas pessoas que mais precisam sabem que podem contar com o Bom Prato para se alimentar. Governar São Paulo é governar o estado mais rico do Brasil, é cuidar do desenvolvimento, das nossas indústrias, da ciência, da tecnologia, da inovação, do estado que dá oportunidade para as pessoas crescerem, mas é também governar o estado que tem muitas diferenças sociais”, disse Rodrigo Garcia.

O Bom Prato Mogi das Cruzes II, que será instalado em área municipal – no distrito de Jundiapeba, será administrado pela Associação Mogiana de Ações para Cidadania (AMAC). A Prefeitura de Mogi das Cruzes será responsável pelas obras de adequação do imóvel e o Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, irá investir R$ 1 milhão na compra dos equipamentos para a implantação do restaurante.

A atual gestão inaugurou seis unidades do Bom Prato: Presidente Prudente, São Bernardo do Campo, Cubatão, Cidade Dutra, Itapevi e Francisco Morato, atingindo a marca de 61 restaurantes em todo o estado de São Paulo. O investimento de R$ 11,8 milhões foi utilizado para a revitalização de todas as unidades, com destaque para a instalação de ar condicionado climatizado, além de pintura, troca de piso, manutenção de fachadas e troca de equipamentos.

Infraestrutura urbana

Durante visita a Mogi das Cruzes, o Governador também liberou R$ 17,2 milhões em três convênios com a Prefeitura para investimento em infraestrutura urbana. A cidade será contemplada com R$ 15 milhões para pavimentação de vias urbanas de terra, por meio do Programa Nossa Rua, R$ 2 milhões para reforma e ampliação de Unidade Básica de Saúde e R$ 250 mil para obras de calçadas acessíveis, no âmbito do Programa Cidades Acessíveis. A Secretaria de Desenvolvimento Regional aguarda o encaminhamento dos projetos executivos e demais documentos para a formalização dos convênios e repasse dos recursos ao município.

PSDB oficializa candidatura de Rodrigo Garcia ao Governo de SP em 2022

Estação ferroviária Mogi das Cruzes

O Governador também liberou recursos para o projeto das obras de reforma da estação ferroviária Mogi das Cruzes da CPTM, na linha 11-Coral. Além da modernização, o local receberá uma nova passarela, que servirá como solução para a passagem em nível, beneficiando passageiros e moradores da região.

O mesmo modelo de projeto será adotado para as outras três estações do município, que são Estudantes, Jundiapeba e Braz Cubas, com previsão de elaboração a partir de 2023. O projeto de modernização tem como premissa o atendimento a todas as normas de acessibilidade, com rota tátil e sanitários acessíveis, além das melhorias nas estruturas e plataformas das atuais estações, e a instalação de escadas rolantes e elevadores.

O plano de modernização também contempla a adequação e aproveitamento dos espaços na estação para exploração comercial.