A história do homem que tinha 3 pernas, 16 dedos e 2 órgãos genitais

1
71

Nascido em maio de 1889 na Sicília, na Itália, Frank Lentini veio ao mundo com três pernas, quatro pés, 16 dedos e dois conjuntos de órgãos genitais.

Sua perna extra se desenvolveu do lado do quadril direito com um quarto pé saindo do joelho.

Sua condição foi o resultado de um segundo embrião que começou a se desenvolver no útero, mas no final não conseguiu se separar de seu gêmeo. Assim, um gêmeo passou a dominar o outro.

Aos quatro meses de idade, Lentini foi levado a um especialista sobre a possibilidade de amputar sua perna adicional, mas a ameaça de paralisia ou mesmo de morte impediu o médico de realizar o procedimento.

Ele ficou conhecido como “u maravigghiusu” ou “o maravilhoso” na Córsega. Mas outros apelidos mais cruéis como “o monstrinho” também o acompanhavam.

Assim, a família de Lentini se viu obrigada a enviá-lo para morar com uma tia, com o intuito de evitar mais desgraças na vida do menino.

Em 1898, com apenas nove anos, Lentini fez uma longa e árdua viagem com seu pai para os Estados Unidos, onde lá se encontraram, em Boston, com um homem chamado Guiseppe Magnano, um showman profissional.

Magnano estava na América há três anos viu nele uma figura em potencial para adicionar aos seus shows.

Em apenas um ano, em 1899, Francesco “Frank” Lentini foi listado como um dos principais artistas do mundialmente famoso circo dos Ringling Brothers.

Uma carreira histórica

Frank Lentini quando criança / Crédito: Creative Commons
Frank Lentini quando criança / Crédito: Creative Commons

Ele se apresentou em grandes espetáculos com o Ringling Brothers Circus, como no show Wild West de Buffalo Bill.

Quando Lentini morreu em 1966, aos 77 anos, vítima de uma insuficiência pulmonar, ele ainda não havia parado de participar de turnês.

Em 2016, 50 anos após sua morte, Rosolini, cidade natal de Lentini na Sicília, celebrou a memória de seu herói não con
vencional por meio de um festival memorial que durou dois dias. Na ocasião, o evento convidou todos os descendentes de Frank.

Embora as apresentações tenham caído no esquecimento como principal forma de entretenimento dos Estados Unidos, o fascínio do público e até a romantização da época nunca deixaram completamente a consciência coletiva.

O filme de 2017, The Greatest Showman, por exemplo, apresentava um elenco rotativo de personagens desse tipo de espetáculo — todos baseados em artistas da vida real.

Naturalmente, Francesco “Frank” Lentini esteve representado na pele do ator Jonathan Redavid.

Fonte:

Aventuras na História

1 COMENTÁRIO