Ex-vereador de Caraguatatuba é condenado por associação com PCC

1
453
A Justiça condenou um ex-vereador de Caraguatatuba, Flávio Rodrigues Nishiyama Filho, por associação criminosa e associação ao tráfico. A denúncia foi oferecida pelo promotor de Justiça Renato Queiroz após deflagração da Operação Código de Ética, realizada em conjunto com a Polícia Federal, a Polícia Civil e a PM em agosto de 2020. O ex-vereador, preso durante a operação, foi condenado a 10 anos de reclusão em regime inicialmente fechado. O Tribunal de Justiça de São Paulo já havia negado a concessão de habeas corpus e prisão domiciliar ao ex-vereador. A Operação Código de Ética foi deflagrada em agosto de 2020 contra o tráfico de drogas e cumpriu mandados em Caraguatatuba, São Sebastião, Ubatuba, Taubaté e Campinas. *Fonte: Ministério Público do Estado de São Paulo

A Justiça condenou um ex-vereador de Caraguatatuba, Flávio Rodrigues Nishiyama Filho, por associação criminosa e associação ao tráfico. A denúncia foi oferecida pelo promotor de Justiça Renato Queiroz após deflagração da Operação Código de Ética, realizada em conjunto com a Polícia Federal, a Polícia Civil e a PM em agosto de 2020.

O ex-vereador, preso durante a operação, foi condenado a 10 anos de reclusão em regime inicialmente fechado. O Tribunal de Justiça de São Paulo já havia negado a concessão de habeas corpus e prisão domiciliar ao ex-vereador.

A Operação Código de Ética foi deflagrada em agosto de 2020 contra o tráfico de drogas e cumpriu mandados em Caraguatatuba, São Sebastião, Ubatuba, Taubaté e Campinas.

*Fonte: Ministério Público do Estado de São Paulo

1 COMENTÁRIO